Rua Ângelo B. Pintus, 320 - Campo dos Alemães São José dos Campos/SP - CEP: 12234-490

(12) 3966-1081
contato@ppsocorro.com.br
Liturgia diária › 17/05/2019

Liturgia Diária 17/05/2019 – 4ª Semana da Páscoa – Sexta-feira

Primeira Leitura

Primeira Leitura (At 13,26-33)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, tendo chegado a Antioquia da Pisídia, Paulo disse na sinagoga: 26“Irmãos, descendentes de Abraão, e todos vós que temeis a Deus, a nós foi enviada esta mensagem de salvação. 27Os habitantes de Jerusalém e seus chefes não reconheceram a Jesus e, ao condená-lo, cumpriram as profecias que se leem todos os sábados. 28Embora não encontrassem nenhum motivo para a sua condenação, pediram a Pilatos que fosse morto. 29Depois de realizarem tudo o que a Escritura diz a respeito de Jesus, eles o tiraram da cruz e o puseram num túmulo. 30Mas Deus o ressuscitou dos mortos 31e, durante muitos dias, ele foi visto por aqueles que o acompanharam desde a Galileia até Jerusalém. Agora eles são testemunhas de Jesus diante do povo.

32Por isso, nós vos anunciamos este Evangelho: a promessa que Deus fez aos antepassados, 33ele a cumpriu para nós, seus filhos, quando ressuscitou Jesus, como está escrito no salmo segundo: “Tu és o meu filho, eu hoje te gerei”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo

Responsório (Sl 2)

— Tu és meu Filho, eu hoje te gerei!

— Tu és meu Filho, eu hoje te gerei!

— “Fui eu mesmo que escolhi este meu Rei e em Sião, meu monte santo, o consagrei!” O decreto do Senhor promulgarei, foi assim que me falou o Senhor Deus: “Tu és meu Filho, e eu hoje te gerei!”

— Podes pedir-me, e em resposta eu te darei por tua herança os povos todos e as nações, e há de ser a terra inteira o teu domínio. Com cetro férreo haverás de dominá-los, e quebrá-los como um vaso de argila!

— E agora, poderosos, entendei; soberanos, aprendei esta lição: Com temor servi a Deus, rendei-lhe glória e prestai-lhe homenagem com respeito!

Evangelho

Evangelho (Jo 14,1-6)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 1“Não se perturbe o vosso coração. Tendes fé em Deus, tende fé em mim também. 2Na casa de meu Pai, há muitas moradas. Se assim não fosse, eu vos teria dito. Vou preparar um lugar para vós, 3e quando eu tiver ido preparar-vos um lugar, voltarei e vos levarei comigo, a fim de que onde eu estiver estejais também vós. 4E para onde eu vou, vós conheceis o caminho”.

5Tomé disse a Jesus: “Senhor, nós não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho?” 6Jesus respondeu: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Homilia

Não se perturbe o vosso coração. Tendes fé em Deus, tende fé em mim também. Na casa de meu Pai, há muitas moradas” (João 14,1-2).

Jesus está nos dizendo que para a perturbação não tomar conta do nosso coração é preciso colocarmos a nossa fé em Deus, porque a fé traz estabilidade emocional, espiritual e psicológica. A fé nos equilibra, porque nós nos desequilibramos facilmente na corda bamba da vida.

As dificuldades, as aflições, os problemas, as situações complexas e complicadas da vida deixam o nosso coração inquieto, perturbado, acelerado mais do que devia; e ficamos, muitas vezes, tristes, angustiados, tensos e nervosos para lidarmos com as situações da vida.

Não se agite, não se perturbe, não se atemorize. Eu digo mais ainda: não deixe a ansiedade corroer o seu coração, tomar conta das suas vísceras mais profundas, porque, quando a ansiedade vai tomando conta de nós, ela vai nos deixando profundamente inquietos, nervosos e, assim, damos más respostas, não estamos inteiros naquilo que fazemos, estamos sempre em busca de uma satisfação, porque uma profunda inquietação toma conta de nós.

Alimentemos a nossa fé, alimentemos a nossa relação de confiança e entrega a Deus, porque de outro modo não nos relacionamos com Ele, a não ser colocando n’Ele a nossa fé e a nossa confiança. Se colocamos n’Ele a nossa confiança, precisamos deixar que Ele tome conta do nosso coração e dos sentimentos que carregamos em nós.

Não perturbe o vosso coração, deixe que a fé conduza e ilumine os seus passos, sua alma e o seu viver

Eu sei que temos receios, medos, temores, mas precisamos entregar, pela fé, tudo isso aos cuidados do Senhor. Uma vez que os entregamos, precisamos confiar. Eu posso entregar algo para você cuidar para mim, mas eu fico desconfiando, fico ligando, perturbando e perguntando: “Você está cuidando? Está tudo bem?”. Quando nos colocamos nas mãos de Deus, temos a plena confiança de que Ele cuida de nós.

Esses dias, uma situação me inquietou demais, eu queria uma resposta imediata, e Jesus me disse: “Não vos inquieteis, deixa que eu cuide. Você já fez a sua parte, agora é só esperar e confiar”. Eu digo o mesmo a você: viva bem, cumpra as suas obrigações. Se há algo que o inquieta, deixa que a graça de Deus vá cuidando, mas entregue isso nas mãos do Senhor. Não perturbe mesmo o vosso coração, deixe que a fé conduza e ilumine os seus passos, sua alma e o seu viver.

Deus abençoe você!

Fonte: Homilia Canção Nova https://homilia.cancaonova.com/homilia/alimentemos-nossa-fe-em-deus/?sDia=17&sMes=05&sAno=2019